Cristo Redentor… Tem como não amar?

“Cristo Redentor, braços abertos, sobre a Guanabara…” (Tom Jobim)

“…Braços abertos na noite, o Cristo Redentor abraça a cidade dizendo: sou eu o teu amor…”(Chico Buarque)

“…Sou pelo estudo e o trabalho em harmonia. O amor e o Cristo Redentor, poesia na democracia…” (Caetano Veloso)

Os mais queridos já cantaram e os mais céticos se renderam a beleza desse monumento… Tem como não amar o Cristo Redentor? Localizado na Zona Sul do Rio de Janeiro, ele é sem dúvida um dos mais queridos e bonitos pontos da cidade.

DSC_0770

Como o objetivo desse blog é falar de viagens e coisas boas, podemos falar também de pontos turísticos legais de conhecer tanto para quem visita o RJ, quanto para quem mora aqui (pasmem, tem muita gente que mora no Rio e nunca foi ao Cristo…). Vale a pena economizar uma graninha (porque não é barato…) e conhecer essa maravilha. Vamos lá!

O Cristo Redentor está localizado no bairro do Cosme Velho na Zona Sul do Rio de Janeiro. Chegar não é tão complicado. A entrada está localizada na R. Cosme Velho, 513. Por lá, passam as seguintes linhas de ônibus:

Linha 584 / 583 – Cosme Velho / Leblon

Linha 422 – Grajaú / Cosme Velho

Linha 569 / 570 – Lgo do Machado / Leblon

Linha 405 – Ramos / Cosme Velho

Linha 497 – Penha / Cosme Velho

Linha 498 – Circular da Penha / Cosme Velho

Você também pode optar por ir de Metrô ou trem (que eu acho as melhores opções). Se for de trem, pode descer na estação da Central e na Presidente Vargas pegar a maioria desses ônibus que citei a cima ou na própria Estação, pegar o metrô. De metrô, você desce na estação do Largo do Machado e pega a integração (ônibus) que para em frente a entrada. Nessa opção, quando você comprar o bilhete do metrô você pede “bilhete com integração Cosme Velho”, que dá direito ao metrô + ônibus. Sai mais barato que comprar um bilhete unitário normal e depois pagar a integração ou pegar outro ônibus.

Se for de taxi, cuidado. Infelizmente o Rio de Janeiro ainda tem espertinhos que rodam mais que necessário com quem não conhece a cidade. Não aceitem corrida por tiro, ou seja, sem taxímetro. Isso é proibido aqui! Não pode!! Antes de ir, entrem na internet, procurem o mapa e entendam um pouco do caminho. Mesmo sem conhecer é possível e vale a pena pro seu bolso, pode apostar. Para o Cristo você pode subir de três maneiras:

1) De carro pela estrada das Paineiras: Não é permitido ir até a entrada do Cristo de carro. Você tem que parar no estacionamento e pegar uma van credenciada Beltour. Dependendo do dia e do horário não é legal, o estacionamento fica cheio e se precisar parar em algum outro ponto, além de perigoso, você encontra os flanelinhas que encarecem ainda mais seu passeio (ninguém merece…);

2)  De van, que faz o mesmo trajeto de quem vai de carro (parando porém próximo ao Cristo) e possui o preço parecido ao do Trem do Corcovado… Acho sinceramente que não vale a pena…

3) De Trem do Corcovado ao meu ver, a melhor opção! Logo na entrada, você vê a bilheteria para comprar os ingressos que garantem ida e volta além da entrada no Cristo. O valor é R$ 46,00, estudantes, idosos (a partir de 60 anos) e crianças até 12 anos pagam meia.

Dica de Amigo: Quem é do Rio antes de ir vale a pena se informar. Todos os anos temos o Bilhete Carioquinha que dá desconto em várias atividades e o Cristo Redentor é uma delas. Basta levar comprovante de residência. Fiquem de olho!

Os trens saem de 30 em 30 minutos e em época de férias escolares ou finais de semana, é bom chegar cedo. Fica muito cheio e é necessário paciência, mas vale a pena!

 DSC_0509

DSC_0491                                                                                                 (Foto tirada de dentro do trem)

O Cristo Redentor possui 38 metros de altura e foi inaugurado em 12 de outubro de 1931. É uma das Sete novas maravilhas e a segunda maior escultura de Cristo no mundo (choquei!) e de fato é impressionante estar lá. Ele é simples, mas grandioso. Independente de religiosidade é fascinante ver algo tão grande, fixado a metros e metros de altura.

DSC_0647

DSC_0587

DSC_0571

A vista é belíssima, desde a subida até lá, aos pés do Cristo. É possível ver pontos maravilhosos da cidade, desde a Lagoa, Pão de açúcar até o saudoso Maracanã entre outros. Apesar de sempre estar cheio, é um lugar onde você pode apreciar a vista, se maravilhar com a cidade, com o Cristo e é, sem dúvida, memorável.

DSC_0594

DSC_0584

DSC_0669

DSC_0664

Na base do Cristo, existe uma pequena capela que quase sempre está fechada (eu pelo menos nunca a vi aberta) mas sei que abre para pequenas celebrações religiosas e casamentos (um luxo minha gente!).

Você ainda encontra uma cantina (com preços muito, muito acima da média) e embaixo (em chão firme como alguns falam), lojinhas com lembrancinhas do Cristo e do Rio de Janeiro.

Cariocas, gringos, turistas etc etc conheçam o Cristo! É bonito e é o Rio que continua lindo, apesar dos pesares 🙂

DSC_0662-001

Fontes de Pesquisa – Wikipédia e Rio Ônibus (www.rioonibus.com)